Blog
07. jun de 2018
Histórias Help

Com a teleorientação e o atendimento da Help, os pais de Micaela estão mais tranquilos

Quem tem filhos pequenos sabe o que significa poder contar com atendimento médico de emergência durante as 24 horas do dia. Quando se é pai e mãe de primeira viagem, então, a orientação no momento dos sustos vale ouro. Este é o caso de Ricardo e Juliana Ianni, pais da Micaela, de apenas 8 meses.

Há pouco mais de um trimestre usando os serviços da Help através do convênio da Agemed, o casal já precisou duas vezes do atendimento. No primeiro, Micaela sofria com uma faringite no meio de um feriado. “Ligamos, explicamos a situação e a equipe veio em casa, diagnosticou e receitou um antibiótico. Em sete dias ela estava já estava melhor, recorda Ricardo.

Na segunda vez, Micaela foi alvo de uma dessas viroses que costumam atacar os pequenos. “Nos assustamos pois ela apresentou vômitos, diarreia e estava bem chorona, muito diferente do bebê tranquilo que ela é”, relata Juliana. Segundo a mãe, a equipe examinou e medicou a menina e em 24h ela estava bem.

Além de confiar no socorro da equipe Help em casa, a família Ianni se sente segura ao saber da teleorientação oferecida aos conveniados.

“Em todas as vezes, ligamos e explicamos a situação da Micaela. Os médicos nos orientaram e de hora em hora ligavam para saber como estava evoluindo o quadro. A equipe foi muito atenciosa e sempre me explicou tudo tranquilamente. Achei muito legal”, finaliza Ricardo.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *