Blog
11. fev de 2019
Histórias Help,Institucional

Susto e alívio: equipe Help socorre jovem que sofreu cortes em casa

O fim das férias escolares de Maria Luiza reservou um susto e tanto para a família Oliveira, residente e conveniada de Joinville. Ao abrir uma porta da área de lazer de casa, o vidro temperado se despedaçou sobre a menina de 14 anos. “Estanquei o sangue e liguei para a Help. A médica avisou que a ambulância já estava a caminho e orientou a deixar a mão dela para cima, para diminuir o sangramento”, lembra Edio Oliveira, o pai.

A jovem sofreu ferimentos no antebraço e nas costas e, ao chegar à residência, a equipe constatou que seria preciso realização de sutura para fechar os cortes. Apesar de simples, o procedimento precisa ser feito em, no máximo, seis horas. Ultrapassado este período, se potencializa o risco de infecções.

Assim, em menos de 30 minutos a Help chegou ao local e ali mesmo, sem necessidade de outros deslocamentos que prolongariam a dor da menina e a angústia da família, foram aplicados os doze pontos necessários – sete no braço e cinco nas costas.

 

 

Para Edio, além do alívio por ver a filha recuperada, o serviço o poupou de correrias e burocracias. “Quando vi eles tratando da Maria Luiza e dando os pontos nela aqui dentro de casa, pensei: por que vou pegar uma fila de hospital?”, recorda.

“Os pontos não doeram. Só senti um pouco de dor na anestesia”, afirma Maria. Passado o acidente, ela já está pronta para iniciar um novo ano letivo e retomar as aulas de inglês, além de se dedicar à maquiagem, um de seus passatempos preferidos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.