Blog
19. mar de 2018
Institucional

Help instala ambulatórios para empreendimentos públicos e privados

Além dos já tradicionais serviços de Emergências Médicas 24h, Teleorientação, Remoções e cobertura médica em eventos, a Help também instala e é responsável por profissionais da saúde dos ambulatórios em grandes centros comerciais, industriais e turísticos de Santa Catarina.

Em Florianópolis, por exemplo, quem passeia no Shopping Iguatemi ou aproveita dias de descanso no Costão do Santinho, conta com o serviço de emergência ambulatorial coordenado pela Help. Com estruturas especialmente montadas para atender o público destes dois pontos da capital catarinense, este é mais um serviço que a maior empresa de emergências médicas de Santa Catarina oferece.

No Iguatemi, um local estrategicamente localizado no piso L3 está pronto para atender qualquer tipo de ocorrência, desde febres, tonturas, vômitos e quedas até crises respiratórias graves e casos que precisem de uso do DEA (desfibrilador) e ECG (Eletrocardiograma). “A ideia desta parceria foi oferecer ao Iguatemi e seus milhares de frequentadores diários um atendimento de emergência qualificado, realizado por profissionais de alto padrão e regulado pelos médicos mais experientes do estado”, diz a Dra. Rosilane de Oliveira, médica e diretora técnica da Help.

Costao (1)

Os mesmos recursos estão disponíveis aos turistas e moradores do Costão do Santinho, onde o ambulatório está instalado logo na recepção do resort e conta com todos os equipamentos (DEA, ECG, oxigênio), medicações e profissional plantonista regulado pela central médica da empresa. Assim como no Iguatemi, por lá a equipe também está pronta para atender qualquer tipo de situação emergencial.

“Nosso objetivo é levar os 22 anos de experiência da Help no setor de emergências e urgências para ambientes comerciais e industriais onde haja grande circulação de funcionários e visitantes. Dispomos de equipamentos, medicação e profissionais especializados para cobertura médica em qualquer tipo de empreendimento público ou privado”, completa Dra. Rosilane.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.