Blog
08. ago de 2018
Institucional,Produtos

Help faz cobertura da 10ª Indomit Bombinhas

No último sábado (04/08) a Help consolidou sua liderança na .cobertura de grandes eventos esportivos. Depois dos serviços prestados no Ironman 70.3 e Ironman Florianópolis, a empresa esteve presente na 10ª edição do Indomit Trail, em Bombinhas (SC) com três UTIs móveis completas e uma equipe composta por três médicos, três técnicas de enfermagem, três condutores/socorristas e dois enfermeiros. Toda essa estrutura deu suporte às centenas de atletas que disputaram provas de 12k, 25k e 42k, além da corrida de revezamento (2 x 21k) em um terreno montanhoso e cheio de desafios como lama, pedras, galhos e areia da praia.

“Qualquer evento esportivo é complexo, mas quando falamos em provas de montanha, há maiores riscos. É um evento que exige muito mais atenção e experiência dos resgatistas,  médicos e pessoal das UTIs”, explicou Gustavo Nogueira, fiscal da corrida. Para ele, os profissionais de cobertura médica de eventos precisam ter a expertise para lidar com atletas de ponta. “Já conhecia a empresa de outros eventos e sempre fomos bem atendidos. Nas competições que fizermos no sul, com certeza a Help vai ser a nossa primeira escolha”, garante Gustavo.

No total, cerca de dez participantes foram atendidos. Os casos mais comuns ferimentos por quedas, entorses, câimbras, náuseas, vômitos e desidratação. Confira abaixo a galeria de imagens da prova (clique para visualizar maior).

Entre os atletas, o principal destaque foi Giliard Pinheiro, campeão da prova de 42k.Foi a nona conquista dele no evento. “Sou local aqui de Bombinhas e conheço muito bem a região. Me preparei muito, mas também prezo o descanso para o corpo e a mente. Na semana que antecedeu a prova, não treinei nenhuma vez”, declarou Giliard. Nos 12k, quem chegou na frente foi Everton Rafael da Silva, de 40 anos. Bombeiro militar e guarda vidas, seu preparo envolve cross-fit, pilates e treinamentos específicos para corrida. “Foi complicado pois as trilhas estavam muito escorregadias, subida,descidas… tinha até árvore no meio do caminho”, relembrou Everton com um sorriso no rosto e a medalha no peito.

Entre as mulheres, a primeira a cruzar a linha de chegada da categoria de doze quilômetros foi Cristina Dumke, natural de Pomerode. Estreante na Indomit, para ela a lama e as subidas inclinadas foram as principais dificuldades do trajeto. “Foi bem desafiante. Haja fôlego, porque é muito morro para encarar”, declarou Cristina, que treina uma hora e meia todos os dias em sua cidade natal. Nos 25k feminino, a paulistana Elaine Vieira, também estreante no evento, foi a campeã. “Foi o primeiro pódio da minha vida. Esse tipo de prova é muito desafiador e o treinamento foi muito puxado. As trilhas e o percurso de praia foram os mais difíceis para mim”, declarou a atleta.

Nos 25k masculino, o grande vencedor foi Vilson dos Santos Junior. Morador de Bombinhas há 20 anos, para ele o conhecimento das trilhas e dos terrenos tornou a conquista menos complicada. “Deixei para dar o gás maior no final, que tem muita subida e é um trecho muito técnico. No sprint final senti um pouco de cãibras mas já tinha aberto três minutos em relação ao segundo colocado e deu tudo certo”, comemorou Vilson.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.