Blog
05. mar de 2018
Talentos Help

Olhar o paciente como um todo: conheça Jéssica, talento da Help Joinville

Quando afirmamos ter a melhor equipe de emergências de Santa Catarina, não é mera forma de expressão. Um exemplo de que contamos com grandes talentos é a técnica de enfermagem Jéssica Cristiane Dias, que trabalha na base de Joinville. Há seis meses na empresa, ela trouxe uma grande bagagem de experiência para os atendimentos de Home Care e UTI Móvel.

Formada por uma das maiores escolas da região, ela costuma dizer que foi a Enfermagem que a escolheu. “Eu não pensava em seguir esse ofício, mas fiz uma prova e ganhei uma bolsa integral”, recorda Jéssica. Antes mesmo de se formar, o bom desempenho da jovem no curso a fez conquistar uma vaga de estágio em um dos grandes hospitais de Joinville, onde ganhou toda a experiência necessária e acabou se apaixonado pelo setor de saúde.  “Por lá eu atendia os setores clínico, cirúrgico, ortopédico e oncológico. Eu tinha muita sede de trabalhar e acabei passando por várias áreas da instituição”.

Depois de mais de dois anos no hospital, Jéssica decidiu dar uma guinada na carreira e procurou a Help para aplicar seu conhecimento e experiência nos atendimentos de ambulância e pré-hospitalar. Ela tem gravado na memória a primeira ocorrência. “Foi uma situação grave. A paciente era uma senhora de idade que entrou em choque séptico, mas conseguimos estabilizá-la e fazer o encaminhamento com segurança até o hospital”, recorda.

Além do trabalho nas UTIs móveis, Jéssica também atende pacientes de Home Care, o que, segundo ela mesmo explica, exige um outro tipo de abordagem. “É preciso ter certa sensibilidade. Não posso entrar na casa do paciente e simplesmente fazer os procedimentos e dar tchau. Temos que passar confiança e ânimo, pois muitas vezes são pessoas que estão acamadas e não podem sequer sair de casa e isso acaba afetando o lado emocional. É preciso ver o paciente como um todo e como alguém que tem sentimentos e angústias”, explica a técnica de enfermagem.

Jéssica ressalta que o Home Care também demanda comprometimento e disciplina. “Precisamos estar ainda mais atentas e sempre conferir os ‘Cinco Certos’: medicação certa, hora certa, data certa, via certa e paciente certo”, lembra a profissional. Para ela, os atendimentos a pacientes em internação domiciliar são os que mais a marcaram e trouxeram gratificação. “O agradecimento sincero deles não tem preço. É muito emocionante quando percebem a melhora, dá pra ver no olhar deles”.

Como complemento do que é aprendido durante as rotinas de emergências, urgências e Home Care, Jéssica diz que  a troca de saberes com os colegas da Help também é muito importante. “Temos profissionais com diferentes vivências e um completa o outro. Para completar, a Help oferece constantemente treinamentos muito bons. É uma troca de conhecimentos muito rica”, finaliza Jéssica.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.